sexta-feira, 6 de novembro de 2009

INSCRIÇÃO PARA UM PORTÃO DE CEMITÉRIO ...




Na mesma pedra se encontram,
Conforme o povo traduz,
Quando se nasce - uma estrela,
Quando se morre - uma cruz.
Mas quantos que aqui repousam
Hão de emendar-nos assim:
"Ponham-me a cruz no princípio...
E a luz da estrela no fim!"

(Mário Quintana)

7 comentários:

Luan Silva disse...

super legal...

Lara Fernandes disse...

Adoro Mario Quintana! :}

Futebol, Sports & Fernu disse...

Olá

Poesia mto boa, seria uma boa inscrição mesmo, bem morbida rs rs rs
mas linda a poesia
bhjsssssssssssss
valewwwwwwwww
fernu

stella scrummiest disse...

gostei

Laura Gelbecke disse...

Isso, sim, é poesia.

Alex disse...

Mário Quintana é mestre!!!

http://www.nossosromances.com.br

30 e poucos anos. disse...

É bem por aí mesmo...luz e trevas !!!