quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Sussurro

Não me olhou
Não me deu a honra do seu perdão
Não me apontou o caminho
Da salvação

Não morou em meu peito
Esqueceu a vontade
Recusou minha ternura
Negou a realidade

Não viu que me feriu
Não percebeu que me cortou
Não notou a morte
Me afastou

Infeliz o momento que fechou os olhos
Flutuou, levou me embora
Cortou minhas asas
Me fez despencar

Não me sentiu
Não me beijou
Não me mostrou a verdade
Não me aceitou

Sussurrou..
Em meu ouvido,
bem baixinho:
"Não te quero mais"

7 comentários:

Sofie Simons Bardot disse...

É uma poesia gótica, certo?! Eu gosto muito deste tipo de poesia, e a sua está muito bonita, hein moça! :D

Lêlê Mafalda disse...

Nossa que triste! Pé na bunda é muito ruim mesmo. Aindda mais quando a pessoa é cretina... Ai, ai.

Michael Levesque disse...

Não curto essas paradas deprê...

Grasiele Rocha disse...

Bonitoooo, porém triste. Parabéns se foi você que escreveu. Continue, tens potencial.

passa no meu?
http://caminhandoaovento.blogspot.com/

stella scrummiest disse...

uau, adorei :)

Erikalicious disse...

Nossa, que triste!
Você escreve muito bem!
Também gosto do Mário Quintana, você tem um ótimo gosto!
Bjs!

Pobre esponja disse...

Já comentei em tudo aqui, pimentinha... j´ia comentando no "feliz natal"...

bjs
Pobre Esponja