sábado, 3 de outubro de 2009

julgar

Aprende que com a mesma severidade com que julga,
você será em algum momento condenado.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

E você aprende que realmente pode suportar...
que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe

depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor e que

você tem valor diante da vida.

William Shakespeare

12 comentários:

Igor Pinheiro disse...

Putz, Shakespeare arrebenta.
Gosto de como o texto começa de uma forma e acaba completamente diferente, em poucas linhas...

planetadablogueira.com disse...

Shakespeare é tudo, o texto é muito para refletir!!! Adorei, te desejo sucesso! Seguirei teu blog =))

Blogueira disse...

Perfeito!As vezes julgamos antes de conversar, pensar,analisar algumas coisas.
Julguemos menos para não sermos julgados.

Jader disse...

Ow ... muito bacana seu blog ..

Shakespeare, nem se fala, os textos dele nunca se perdem no tempo, são mais atuais do que muitos que agente lê por aí!!!!

Abraços

Te convido a conhecer meu trabalho, nos blogs

www.somnacaixablog.com
www.pipocablog.com

Fabricio bezerra da guia disse...

Shakespeare foi o primeiro gótico,dark sei lá do mundo

Blog disse...

Eu tou tentando para de julgar!

Michell Macedo disse...

Não conhecia este texto do Will
me fez lembrar uma frase do filme:
Apocalipse Now
"É o julgar que nos condena"
COncordo planamente com este raciocínio.
Parabéns !!

Henrique disse...

Shakespeare é foda, ein? Gostei mesmo do texto, faz a gente refletir bastante.

"Os textos dele nunca se perdem no tempo, são mais atuais do que muitos que agente lê por aí"

www.blogdossub15.blogspot.com

Abraços!

Mirella Santos disse...

tinha que ser do mestre Shakespeare

Keisy Oliveira C. disse...

AHHH Shakespeare é tudooo de bommm' perfeito! Arraasoouu' bjs!**

Joice disse...

Mto lindo e cheio de verdade!!

Leandro Rocha disse...

As pessoas sempre esquecem que quando julgamos, estamos apenas levantando espelhos apontados para nossos erros e defeitos.
Um abraço!

Confira o meu Blog
(http://surtocoletivo.wordpress.com/)