quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Liberdade

Dorme menina de aparência bela
Viaje em seus sonhos, se entregue ao paraíso.

A morte é sua libertação
Sua alma anseia por isso.
Deixe que as sombras lhe mostrem o caminho.

Seu tão belo corpo terá um só destino
Sete palmos abaixo da terra.

mais a sua alma, sim sua alma!
Terá um novo recomeço se libertará do mundo.

Se entregue não tenha medo
Deixe que ela vá sem rumo e sem destino.

Você conhecerá o céu e o inferno
E sua liberdade será eterna.

11 comentários:

Romero Cezar disse...

Sinistro e doce teu blog parabéns

http://www.romeroviuassim.blogspot.com/

Lilian Negrini disse...

Sensacional. Adorei seu estilo. dark. O poema esta lindo,
Bjs

http://etudotaocotidiano.blogspot.com

Virgínia Leane disse...

Muito legal o blog . As matérias . Tudo . Parabéns !

Raphael disse...

Vc num tinha um tiulo melhor???
Mas gostei do stilo...
vou visitar mais vezs...

Vai no meu:http://jornalplanetario.blogspot.com

Um cara ai disse...

quanto pessimismo!

Wander Veroni disse...

O poema é muito expressivo. Fala de morte e delibertação.

Abraço

Fábio Flora disse...

Acho melhor ela "tentar a liberdade dela enquanto estiver viva... Abraços e sucesso com o blog!

Marcelo disse...

parabens pelo blog e pelo texto, um grande abraço

Seu Zé disse...

Nossa lindo e cabuloso esses textos dark são fantásticos adorei, algo entre o bem eo mau circulam por aqui, muito show adorei.

njlo75 disse...

moderno,jovial,voluptuoso...e "manero"rsrs..muito bom mesmo .. belos artigos.podes me fazer um grande favor?visite meu blog...e me siga..pois eu já estou te seguindo.abraços
http://desenhospoeisiascomportamento.blogspot.com/
abraços.

Karina Kate disse...

nossa que profundoooo!!
tipo: simata!! que horror... medo! rs
bjos