sábado, 4 de abril de 2009

Meus olhos me iludem

"Meus olhos me iludem
Meus sentimentos me dominam
Minha mente me confunde...
Lágrimas angustiadas escorrem em meu rosto
Já não sinto mais nada a não ser uma dor inacabada
Meu corpo parece imóvel
Mexendo-se apenas para enxugar o sangue que transborda de minhas veias
por cortes que eu mesmo fiz em meu corpo
Estou num prolongado desespero
que teima em permanecer comigo
O desespero da dor
que um dia acertou meu coração solenemente,
mas que foi me tornando uma condenado em sentí-la
Até mesmo meus sentidos eu não tenho mais
Não sinto mais nada que não seja essa dor - esse amargo sentimento que me
consome..."

5 comentários:

Luilton disse...

Olá, como vai?

Seu blog é muito triste... por que tanta coisa ruim? Sua vida é tão ruim assim? Por que tanta dor e sofrimento? Eu posso lhe ajudar?

Um abraço.

luiz disse...

eu gosto do estilo do seu blog
^^

se puder
http://sonabrisa.nomemix.com/

blog disse...

Acho que vc deveria ler Hoffmann, e talvez algo de Lamartine, quando der.
Byron, Musset, sempre.

Ipsis Litteris

Anônimo disse...

apesar de tristes, lindas palavras.
de quem é o poema?
.
www.filhasdapuc.blogspot.com

Junior disse...

é legal o estilo do teu blog, mas é beem triste viu =/
anime-semou